Saber como calcular a margem de lucro e precificar corretamente os produtos é crucial ao sucesso de toda empresa. Especialmente hoje, com o mercado competitivo, as margens de lucro estão achatadas e é preciso pensar em cada centavo.

Há uma série de fatores que contribuem para chegar à margem ideal, como a redução de custos não estratégicos, a administração de preços e o cálculo da margem de lucro.

Se você quer construir uma empresa realmente bem-sucedida, sua primeira missão é criar preços de modo que gere lucro líquido. Para tal fim, é preciso calcular a margem de lucro atual e chegar à ideal.

Continue lendo o artigo até o fim e aproveite a ferramenta que criamos para ajudar você nessa missão! 

Identifique a atual margem de lucro

Calcular a margem de lucro é simples. Seu trabalho é só dividir o lucro líquido (o valor que possui após pagar todos os custos) pelo preço total de venda. Confira a fórmula:

  • Margem líquida (%) = lucro líquido / preço total de venda x 100

Dica: Afinal, qual é a diferença entre lucro real e lucro presumido?

Imagine que está vendendo uma camisa no valor de R$ 100,00. Desse dinheiro, R$ 40,00 é para pagar o fornecedor e R$ 20,00 para pagar os demais custos operacionais da empresa. Logo, seu lucro líquido é de R$ 40,00. Agora, veja:

  • Margem líquida (%) = 40 / 100 x 100

Logo, a margem líquida da camisa é de 40%. Ela está de acordo com o desejado? Mesmo que esteja, é possível melhorar. Portanto, as próximas dicas vão ajudar.

Reduza os custos não estratégicos

Você pode dividir os custos da empresa entre estratégicos e não estratégicos. O primeiro refere-se a custos capazes de gerar novos negócios ou aumentar a eficiência, como investimento em marketing ou em um sistema de gestão financeira. O segundo, diz respeito a custos necessários ao funcionamento, como itens de limpeza ou impostos.

Saiba exatamente quanto cada funcionário custa para sua empresa! Clique no banner e conheça nossa planilha!

Banner - Planilha de cálculo de custo dos funcionários

Foque na redução de custos não estratégicos, incapazes de gerar novos negócios ou aumentar a eficiência operacional. Assim, sua margem de lucro será maior, sem afetar a performance em vendas.

Precifique seus produtos de maneira eficaz

Para definir o preço final de um produto, não basta acrescentar 100% do valor de compra e vender. Essa é uma forma simplista e que pode causar vários danos à sua empresa. Para precificar um produto, você deve considerar ao menos três fatores:

  • custo: qual o valor de aquisição ou produção?

  • competidores: qual o valor cobrado pela concorrência?

  • cliente: qual o valor percebido pelos clientes?

Desse modo, estará olhando de maneira mais sistêmica para o seu produto e poderá precificar com maior eficácia. Sendo assim, é certo que terá melhores margens.

Utilize estratégias para estabelecer preços

No livro “Preço: o mito do valor justo e como tirar vantagem disso”, o professor William Poundstone afirma que há um preço psicológico.

Segundo ele, é preciso estabelecer preços que terminem com 9, 99, 98 ou 95, e nunca com 00 (isso é, o preço redondo). Empresas estudadas com essa estratégia tiveram desempenho 24% maior, em média.

Ferramenta para calcular a margem de lucro dos seus produtos

Enfim, agora que você está por dentro do assunto, chegou a hora de te mostrarmos um jeito mais fácil de saber como calcular a margem de lucro!

Criamos uma planilha que funciona como uma calculadora. Tudo o que você precisa fazer é preencher alguns campos e ela automaticamente faz o resto por você!

Deixe a tecnologia fazer o trabalho difícil! Clique no banner e aproveite nossa Planilha de cálculo de lucro de produtos!

Banner - Planilha de cálculo de margem de lucro de produtos

 

Depois de realizar o cálculo, tudo o que você precisa fazer é desenvolver estratégias para aumentar a margem. Assim, toda a empresa será beneficiada, poderá crescer e se destacar da concorrência.

Tem algum amigo que precisa conhecer a Calculadora de Margem de Lucro? Marque ele no post!