Quando mergulhamos no universo corporativo, percebemos que o domínio da nossa atividade é apenas uma das inúmeras habilidades que precisamos saber de cor e salteado. Afinal, tão importante quanto o know-how na área é entender a aplicação de conceitos financeiros que podem, em médio e longo prazos, dar mais leveza e controle para o dia a dia do seu negócio.

Se você chegou até aqui, saiba que esse cenário está cada vez mais próximo! Neste artigo, você descobrirá qual a diferença entre lucro e faturamento e como essa informação vai te ajudar a alçar voos ainda maiores. Acompanhe:

O que é faturamento?

Vamos supor que você deseja fazer um controle financeiro com base no seu desempenho no ano anterior. Ao fazer o levantamento do valor obtido, você chega à conclusão de que suas vendas geraram uma receita de R$ 10.000,00. Agora, responda rápido: você chamaria esse valor de lucro ou faturamento?

Para descobrir a resposta, é preciso analisar quais informações foram utilizadas no cálculo. Neste exemplo, os dados utilizados foram as vendas nos últimos 12 meses. Sendo assim, a receita de R$ 10.000,00 é o faturamento da empresa.

Ou seja: faturamento é o todo valor proveniente das vendas da empresa sem nenhuma dedução. É através deste montante, inclusive, que são gerados os valores de PIS, COFINS e ICMS.

Dica: Como (e por que) avaliar a saúde financeira da empresa?

O que é lucro?

Os conceitos de lucro e faturamento são um pouco confusos porque ambos lidam com dinheiro — o combustível de qualquer negócio. Na verdade, o lucro possui uma diferença sutil, porém crucial. Vamos analisar a seguinte situação:

Após obter o montante descrito no exemplo acima, você decide incluir outros itens no seu planejamento financeiro como os gastos com aluguel, impostos, luz e telefone para ter uma visão melhor do seu desempenho. As contas mostram que você gastou um total de R$ 9.000,00, considerando tanto os custos fixos (como internet e aluguel) quanto os variáveis (aqueles que estão mais atrelados à demanda de pedidos).

Nesse caso, você pode afirmar com todas as letras que obteve um lucro de R$ 1.000,00. Por quê? Essa quantia não está vinculada a nenhum pagamento, oferecendo a você uma oportunidade de investir em melhorias na empresa e garantindo, consequentemente, um bom relacionamento com fornecedores e colaboradores.

Qual a importância de gerenciar lucro e faturamento?

O gerenciamento da contabilidade é uma das peças-chave de todas as empresas de sucesso. Afinal de contas, é com base nas informações obtidas dessa análise que o gestor tem subsídios para corrigir possíveis excessos nos gastos e investir no crescimento gradativo e saudável do seu negócio.

Portanto, que fique bem claro: lucro e faturamento, apesar de muito parecidos, são diferentes no seu conceito e aplicação e devem ser tratados separadamente, porém com a mesma responsabilidade de quem quer ver a conta sempre positiva no final do mês.

E aí, curtiu o post de hoje? Aproveite que você sabe tudo de lucro e faturamento e descubra como e porque avaliar a saúde financeira da sua empresa para turbinar os resultados agora mesmo! Boa leitura e bons lucros!